A partir desta terça-feira (6), começa a vigorar a cobrança dos novos valores da tarifa de pedágio na BR-163, em Mato Grosso. A autorização foi feita pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e a resolução publicada no Diário Oficial da União hoje (5) no Diário Oficial da União. Em Rondonópolis, por exemplo, o preço para a categoria 1 de veículo passa de R$ 4,50 para R$ 5,10.

O aumento da tarifa vale para as nove praça de pedágio no trecho de controlado pela Concessionária Rota do Oeste, da Rodovia BR- 163/MT – trecho de 822,8 km na BR-163 e 28,1 km na MT-407, com início na divisa com o estado do MS, e término no km 855,0 (MT), no entroncamento com a rodovia MT-220.

Leia também:  Grupo de dança típica de Cuiabá vence título mundial na Turquia

De acordo com a publicação, os valores são reajustados com base no índice da inflação do período (IPCA). Na prática, as tarifas atuais terão acréscimos que variam de R$ 0,40 a R$ 0,90.

Conforme consta no Diário Oficial da União, em Itiquira na Praça 1, o valor será reajustado de R$ 4 para R$ 4,50; na Praça 2, em Rondonópolis, passa de R$ 4,50 para R$ 5,10; já na Praça 3 em Campo Verde/ Santo Antônio do Leverger passa de R$ 3,70 para R$ 4,10. Na Praça 4, em Cuiabá/Santo Antônio do Leveger, o aumento passa de R$ 3,60 para R$ 4,10.

Em Acorizal/Jangada, na Praça 5 subiu de R$ 4,90 para R$ 5,50; na Praça 6 em Diamantino de R$ 4,10 para R$ 4,60; na Praça 7 em Nova Mutum de R$ 3,30 para R$ 3,80; na Praça 8 em Lucas do Rio Verde de R$ 4,30 para R$ 4,90 e na Praça 9 em Sorriso de R$ 6,10 para R$ 7.

Leia também:  Dois homens morrem eletrocutados enquanto trabalhavam em posto de combustível em MT

As tarifas aprovadas terão vigências de 06 de setembro de 2016 a 05 de setembro de 2017.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.