Foto: Graziela Rezende/G1 MS
Foto: Graziela Rezende/G1 MS

O preso tinha escolta de três policiais, os quais foram rendidos por três bandidos. Estes entraram no hospital se passando por pacientes. Um quarto suspeito ficou na frente da unidade de saúde, armado.

Todos fugiram em um carro de cor preta, que foi localizado minutos depois abandonado no bairro Coophavilla, que fica perto do hospital.

De acordo com a Agência Estadual de Administração Penitenciária (Agepen), o preso estava com consulta agendada no hospital. Ele tem condenação por tráfico de drogas e estelionato e estava na Penitenciária de Segurança Máxima.

Foto: Graziela Rezende/G1 MS
Foto: Graziela Rezende/G1 MS

Uma técnica de enfermagem, de 68 anos, que foi ao local para participar de um velório na capela do hospital, conta que viu a movimentação policial logo após o resgate. “Eu cheguei e vi que não tinha ninguém na guarita, a cancela estava aberta e entrei. Vi toda a movimentação da polícia. Fiquei muito assustada”, fala a idosa que prefere não se identificar.

Leia também:  Pode ficar mais caro a compra da casa própria após suspensão de crédito na Caixa
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.