futsalDez meses depois de decidirem o Grand Prix de Futsal, em Uberaba-MG, Brasil e Irã voltam a se encontrar em um confronto decisivo. Terceiro colocado no grupo F, com uma vitória, um empate e uma derrota na primeira fase, o selecionado iraniano é o adversário dos brasileiros nas oitavas de final da Copa do Mundo Fifa. O duelo será às 19h30 (de Brasília) desta quarta-feira, no Coliseo Bicentenario de Bucaramanga, na Colômbia. A partida terá transmissão ao vivo do SporTV3 e acompanhamento em tempo real no GloboEsporte.com.

– Todo mundo coloca o Irã como um dos possíveis concorrentes ao título, e já vamos ter esse confronto nas oitavas. Agora não dá para escolher, é pedreira. O time do Irã tem um futsal bastante parecido com o nosso, um jogo de ala, de pivô, com muita qualidade técnica. Eles têm uma liga muito forte, então a gente vai ter uma pedreira pela frente. O bom disso é que servirá para a gente entrar na competição de uma vez – afirmou Falcão, que, aos 39 anos, disputa o seu último Mundial.

Leia também:  Copa de 94 volta à tona com histórias de Romário e loira de Rondonópolis

O Brasil chega para as oitavas de final da Copa do Mundo com uma campanha arrasadora: três vitórias nos três jogos da primeira fase, sendo duas destas por goleada. No confronto do ano passado, brasileiros e iranianos fizeram duelo equilibrado em Uberaba. Melhor para o time verde-amarelo, que triunfou por 4 a 3 – gols de Diego, Falcão, Rodrigo e Ahmad (contra) – e ficou com o nono título do Grand Prix, competição internacional realizada nos anos em que não há Mundial.

– Todos os jogos contra o Irã costumam ser complicados – comentou o pivô Fernandinho. – Eles têm uma equipe jovem e qualificada, e acho que a partir desta fase todos os jogos serão mais igualados. Mas nós fizemos bons treinos nestes dois dias em Bucaramanga e estamos preparados para enfrentar quem vier. Estamos evoluindo, e agora é mata-mata – completou.

Leia também:  Pesso chega e começa a montar o União

Quem passar no duelo Brasil x Irã pega o Paraguai nas quartas de final, no sábado. Nesta terça, os paraguaios eliminaram a dona da casa, Colômbia, com uma vitória por 3 a 2 nos pênaltis após empate em 0 a 0 no tempo normal e 0 a 0 na prorrogação. Campeão das duas últimas edições do Mundial, o Brasil busca o oitavo título este ano, o sexto na Era Fifa – até 1988 a Copa do Mundo era organizada pela Fifusa.

– Está sendo muito legal ter o apoio da torcida colombiana nos nossos jogos. Só que, se nós passarmos pelo Irã, e a Colômbia eliminar o Paraguai, temos que estar preparados para jogar com torcida contra. Enfim, acho que estamos prontos para encarar qualquer desafio – finalizou Fernandinho.

Leia também:  Árbitros de Mato Grosso participam de curso promovido pela CBF

OS CONFRONTOS DAS OITAVAS DE FINAL

Jogos já realizados
20/09 – Medelim – Rússia7 x 0 Vietnã
20/09 – Cali – Colômbia 0 x 0Paraguai (2 x 3 nos pênaltis)
Jogos restantes
21/09 – 19h30 – Bucaramanga – Brasil x Irã
21/09 – 19h30 – Medelim – Espanha x Cazaquistão
21/09 – 22h – Cali – Portugal x Costa Rica
22/09 – 19h30 – Bucaramanga – Argentina x Ucrânia
22/09 – 19h30 – Medelin – Tailândia x Azerbaijão
22/09 – 22h – Cali – Itália x Egito
CAMPANHA DO BRASIL

Brasil 3 x 1 Ucrânia
Brasil 11 x 1 Austrália
Brasil 15 x 3 Moçambique

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.