O Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT) Campus Rondonópolis, será palco do lançamento do documentário ‘Rikbaktsa: Entre histórias, relatos e memórias’. O evento será na quadra poliesportiva do IFMT, às 19h e contará com a presença da direção geral e do pró-reitor Willian Sampaio.

O documentário é resultado de um desdobramento do trabalho de doutorado do Professor Júlio César dos Santos do campus Alta Floresta. E teve a colaboração do professor do IFMT Rondonópolis, Célio Pedraça, que já vinha desenvolvendo projeto de pesquisas com o povo Rikbaktsa.

O tema foi resultado de pesquisas já realizadas anteriormente com os Rikbaktsa, e uma das principais motivações foi divulgar essa etnia e possibilitar a realização de novos estudos, assim como, contribuir para a manutenção da história e da memória desse povo.

Leia também:  269 vagas de empregos para Rondonópolis (05/06)

As entrevistas, além de terem sido realizadas em Terras do povo Rikbaktsa, também foram feitas nas cidades de Juína e Cuiabá.

Para Pedraça, a documentário além de tornar de mostrar o estilo da cultura dessa etnia, também serve para guardar informações sobre essa etnia. “Contribuir para a elaboração desse documentário foi uma grande satisfação, pois como historiador pude contribuir não somente na divulgação dessa etnia, pouca conhecida dos brasileiros, mas também para a preservação de sua memória”.

Informações sobre os Rikbaktsa

Os Rikbaktsa vivem na bacia do rio Juruena, no noroeste do Mato Grosso, em duas Terras Indígenas contíguas – a TI Erikpatsa e a TI Japuíra e em uma terceira, a TI do Escondido, mais ao norte, na margem esquerda do rio Juruena.

Leia também:  Simulação de explosão é realizada no Shopping

Rikbaktsa: Entre Histórias, relatos e memórias

Roteiro: Julio César dos Santos

Direção: Maria Andreia Santos

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.