Já faz uma semana que a greve dos bancários iniciou e em Mato Grosso (MT) 219  agências bancárias em 84 municípios do estado, estão com as portas fechadas. As informações são do Sindicato dos Bancários de Mato Grosso (Seeb-MT). Na sexta-feira (9), os trabalhadores rejeitaram a proposta de 7% da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) e mantiveram a greve.

A categoria paralisou as atividades no dia 6 de setembro para cobrar o reajuste salarial de 14,78%, além de melhores condições de trabalho e investimento em segurança.

A greve não tem prazo para terminar e conforme informações repassadas pelo diretor do Instituto Brasileiro de Estudo e Defesa das Relações de Consumo (Ibedec) em Mato Grosso, Antônio Carlos de Mello, a greve afeta principalmente os usuários que não sabem lidar com a tecnologia do caixa eletrônico ou do internet banking.

Leia também:  Governo lança licitação para pavimentação da MT-130 em Paranatinga

A categoria pede vale-alimentação, 13ª cesta básica e auxílio-creche/babá no valor de R$ 880 ao mês para cada (salário-mínimo nacional), melhores condições de trabalho, com o fim das metas abusivas e do assédio moral.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.