Plenário do Senado durante sessão não deliberativa. À mesa, senador José Medeiros (PSD-MT). Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado
Plenário do Senado durante sessão não deliberativa. À mesa, senador José Medeiros (PSD-MT).
Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

Em pronunciamento ocorrido nesta terça-feira (27.09), o senador José Medeiros (PSD-MT) destacou as visitas que tem feito a diversas cidades do estado de Mato Grosso, participando da campanha política e conversando com os mato-grossenses. Durante sua fala, o senador destacou ainda que a população se mostra bastante preocupada com o desemprego. “O que eu tenho notado é que todos os municípios neste momento estão preocupadíssimos, sobretudo em como gerar emprego”, destacou.

José Medeiros, ao citar as eleições do próximo domingo, afirmou que o eleitor terá a chance de fazer uma reflexão e evitar candidatos demagógicos. Na avaliação que fez, o voto é mais importante que a operação Lava Jato para mudar a vida do país. “Domingo, o eleitor pode mudar muita coisa. E eu fico preocupado porque não sei se vai mudar. Chamo os brasileiros a uma reflexão para que a gente possa, de uma vez por todas, limpar esses que fazem esse discurso demagógico, mentiroso, e que só demonstram uma coisa: estão aqui no poder pelo poder. E aí chamo à reflexão a todos nós que estamos no berço político, dos prefeitos que vão entrar: cuidado com as promessas, cuidado com a conversa vazia, porque de conversa vazia o povo está cheio”, enfatizou.

Leia também:  Presidente da Câmara busca parceria com instituição para oferecer cursos de qualificação para servidores

O senador criticou a oposição e defendeu o governo do presidente Michel Temer. Para ele, o Partido dos Trabalhadores fala como se todas as mazelas do Brasil tivessem começado após a posse de Temer, sem fazer uma autocrítica e sem assumir seus erros e que, segundo disse, os petistas se colocam como vítimas e criticam as medidas propostas pelo governo para melhorar a vida do país, sem, “em nenhum momento”, falar que os municípios estão quebrados e que os estados estão com dificuldade para pagar seus funcionários. “Não se preocupam que pessoas estão perdendo empregos, aos milhões”, observou.

Assista ao vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=ZYaR1nNNWB8

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.