O senador José Medeiros (PSD-MT) fez elogios ao discurso do presidente Michel Temer na abertura da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), na manhã desta terça-feira (20.09), em Nova York. “O presidente fez uma fala bastante clara, contundente e, sobretudo, otimista, ao descrever o momento político e econômico pelo qual o país está passando. Ele também não se furtou aos grandes temas mundiais, falando de sustentabilidade e direitos humanos”, destacou o parlamentar.

Para José Medeiros o ponto alto do discurso do presidente foi quando afirmou que o Brasil tem “um compromisso inegociável com a democracia”, e que o processo de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff ocorreu “dentro do mais absoluto respeito constitucional”. “Michel Temer afirmou que não existe democracia sem Estado de direito, sem normas que se apliquem a todos, inclusive aos mais poderosos. Foi exatamente isso que o Brasil mostrou ao mundo, segundo o presidente, quando em meio a um processo de depuração de seu sistema político, afastou uma presidente por cometer crimes de responsabilidade”, avaliou o senador.

Leia também:  Em clima quente com bate-boca e empurrões sessão do Senado é suspensa

O senador destacou ainda que a fala do presidente Temer dedicou parte importante para transmitir otimismo com relação à economia do País. “A mensagem presidencial reforça a estratégia da equipe econômica de que a retomada da economia brasileira se dará por meio dos investimentos estrangeiros e pelo resgate dos empregos perdidos durante a crise econômica”, afirmou. Medeiros lembrou também que o presidente criticou o protecionismo agrícola e que afirmou que as barreiras sanitárias não devem ser usadas para bloquear importações, ao reafirmar o protagonismo brasileiro na produção agrícola. “Michel foi enfático e feliz ao dizer que nós ajudamos a alimentar o mundo. Isso é a mais pura verdade e o meu estado de Mato Grosso é o protagonista brasileiro na produção de grãos”, declarou.

Leia também:  Vereadores participam de reunião sobre a elaboração do novo Plano Diretor

Reconstrução Nacional – Recentemente, na tribuna do Senado Federal, José Medeiros fez um discurso bastante otimista, semelhante ao do presidente Temer, em que defendeu um pacto de reconstrução nacional. “Nesse momento, pós-impeachment, temos que buscar um grande pacto nacional para que o Brasil possa ir à frente. Que possamos sair desse conflito, virar essa página – cada um reconstruir sua história política, mas, acima de tudo, preocupado com as reais prioridades, que são os interesses do Brasil”, disse o senador em seu pronunciamento.

Segundo o senador, é preciso resgatar a autoestima nacional com a adoção de projetos que gerem mais oportunidades de emprego e renda. “Estamos vivendo aquela parte da história em que os partidos têm que se sentirem grandes, fazer coisas para realmente resgatar a autoestima nacional e, para isso, temos que reconstruir. E reconstrução só se faz juntos. Juntos pelo Brasil, juntos pelos brasileiros”, frisou.

Leia também:  Famílias pré-locadas do Neuma de Moraes vão se reunir com secretário de Habitação

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.