O Partido Progressista recorreu da decisão proferida pelo Juiz Wladymir Perri em que indeferia a candidatura dos 18 candidatos do partido nestas eleições. Na nova decisão divulgada no TSE, os candidatos estão liberados para o pleito.

Consta na decisão que independente do quórum presente na convenção partidária e da ausência expressa na ata que teria sido instalada na 2ª convocação, não houve prejuízos aos filiados ou aos demais partidos.

Na decisão fica claro ainda que a convenção do Partido Progressista seguiu os requisitos impostos pela legislação eleitoral.

VEREADOR

O vereador Cido Silva (PP), que também teve seu pedido de registro de candidatura indeferido por desincompatibilização afirmou a equipe de reportagem do AGORA MT que também já recorreu da decisão e que está apto para a disputa.

Leia também:  Prefeitura garante pagamento à terceirizadas
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.