O Brasil registrou redução de 0,48% na produção de carcaça bovina no comparativo 24entre os primeiros semestres de 2016 e 2015, foram produzidas 3,67 milhões de toneladas no último semestre, menor volume desde o primeiro semestre de 2012.

Em Mato Grosso, a situação foi um pouco diferente, visto que a produção de carne bovina aumentou 5,12% na comparação semestral, atingindo um total de 593,20 mil toneladas no primeiro semestre de 2016. As informações foram divulgadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) através do boletim semanal do Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea).

De acordo com os economistas, esse incremento na produção mato-grossense deve-se, principalmente, ao maior peso de abate dos bovinos. “Mato Grosso caminha na vanguarda da pecuária brasileira, se posicionando como o maior produtor de carne bovina e abatendo um dos bovinos mais pesados do país” conclui os economistas.

Leia também:  Servidores do Detran-MT retomam parcialmente serviços após greve
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.