Foto: Reprodução/Facebook
Foto: Reprodução/Facebook

A declaração de amor de um pai à filha comoveu a internet nesta semana. O “eu te amo” foi seguido por um pedido de desculpas por ele não saber escrever. Ao compartilhar a mensagem, a estudante da Universidade Federal do Rio de Janeiro Micarla Lins, de 21 anos, lembrou que saber ler e escrever é um privilégio num país com tantas desigualdades sociais.

“Vi o compartilhamento de uma mensagem de uma pessoa dizendo que saber ler não é inteligência, é privilégio. Acabei me lembrando de algumas situações de preconceito vividas por meu pai e resolvi publicar uma mensagem que ele me mandou pedindo desculpas por não saber escrever. Não esperava que fosse ter tanta repercussão”, contou Micarla.

Leia também:  Pacientes são assaltados enquanto aguardavam atendimento em fila de hospital no RJ

A jovem publicou a mensagem no Facebook na noite de terça-feira (20). Rapidamente o post recebeu cerca de 300 curtidas, segundo ela.
“No início meu pai disse que ficou triste e envergonhado, porque as pessoas saberiam que ele não sabe escrever. Combinei com ele que iríamos dormir e, pela manhã eu iria checar os comentários e, dependendo do conteúdo, eu iria apagar o post. Quando acordei, já tinham mais de 60 mil curtidas e 600 comentários”, contou.

Pouco mais de 24 horas depois, a postagem já tinha mais de 200 mil curtidas e 32 mil compartilhamentos.
“Acho que meu celular nunca tocou tanto. Eu estou emocionada. Fiquei bastante feliz com as mensagens que recebi.

Leia também:  Motéis recebem multas por venderem produtos vencidos em Goiânia
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.