Não é um fenômeno exclusivo de Mato Grosso, mas de todo o país, a provável renovação de boa parte dos vereadores.

A questão é simples, insatisfeito com a política nacional e a divulgação dos mais diversos escândalos que andam assolando o país, o eleitor resolveu acertar o alvo mais próximo dele, o vereador.

O político que tem a convivência mais próxima do eleitor deve ser o que vai mais sofrer com a insatisfação popular e a resposta nas urnas não deve ser nada favorável para aqueles que hoje ocupam o cargo nas milhares de cidades brasileiras.

A insatisfação popular deve ainda ter reflexo nas próximas eleições, que serão para deputados estaduais, federais, senadores e presidente da República, mas até lá o reflexo pode ser menor, isso caso é claro, a economia volte a dar sinais de vitalidade.

Leia também:  Jandir Martins deve candidatar nos próximos anos
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.