O Senado aprovou a extinção de 10,5 mil cargos comissionados do Poder Executivo Federal. A proposta aprovada ontem (21) substitui essas funções comissionadas por outras de confiança. Na mudança, apenas servidores efetivos poderão ser nomeados.

A alteração agora seguirá para a sanção presidencial, e mesmo assim não terá efeito imediato porque para fazer a troca entre cargos em cada órgão do Executivo Federal, o governo ainda precisará editar decretos. Para o governo essa mudança resultará na redução de pouco mais de R$ 250 milhões ao ano.

Advertisements
Leia também:  Ex-apresentadora do Jornal Nacional quer disputar a presidência

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.