Materiais apreendidos com os menores - Foto: PJC
Materiais apreendidos com os menores – Foto: PJC

Dois menores de 17 anos, investigados como autores do homicídio que vitimou um taxista na cidade de Colíder, foram apreendidos pela Polícia Judiciária Civil durante uma ação conjunta com policiais civis do município de Sinop (633 Km de Rondonópolis).

O crime aconteceu na última terça-feira (18), no Terminal Rodoviário de Colíder. Na ocasião, os suspeitos em uma motocicleta Honda XRE 300, de cor vermelha, se aproximaram do local, e o rapaz da garupa desceu do veículo e atravessou o Terminal, onde o taxista Oseias Duarte estava sentado na companhia de colegas de trabalho.

O criminoso disparou cinco tiros de pistola 9 milímetros em direção à vítima, que não resistiu aos ferimentos e morreu. Em seguida, os envolvidos fugiram do local.

Leia também:  Motociclista fica ferida após colisão na Fernando Corrêa

Logo que acionados, a equipe da Delegacia de Polícia de Colíder em diligências para elucidar o caso, e em troca de informações com a Polícia Civil de Sinop, conseguiu levantar informações sobre apreensão de dois adolescentes, onde estavam pilotando uma motocicleta com as mesmas características da motocicleta utilizada no homicídio do taxista.

Diante dos fatos, a equipe de policiais de Colíder, coordenada pelo delegado Ruy Guilherme Peral da Silva, se deslocou até a cidade de Sinop. No decorrer do trabalho foi descoberto que os procurados estavam em uma casa alugada no bairro Campo Verde.

Em vigilância realizada nas proximidades da residência, os policiais civis surpreenderam os adolescentes em poder de uma pistola 9 milímetros, um tablete de pasta base de cocaína, avaliado no mercado criminoso entre R$ 12 a 15 mil, porções de maconha, uma balança de precisão, além do tênis e boné utilizados no crime pelo piloto da motocicleta.

Leia também:  Advogado é preso acusado de se masturbar para mulheres nas ruas de Tangará da Serra

Após o flagrante os dois adolescentes, ambos com 17 anos, foram conduzidos à Delegacia de Polícia de Sinop, e durante entrevista confessaram o ato infracional do homicídio que vitimou o taxista, no entanto não indiciaram a motivação.

Ainda em depoimento, um dos adolescentes relatou outro ato infracional, de tentativa de homicídio ocorrido no bairro Celídio Marques, em Colíder.

A Polícia Civil continua as investigações para apurar as motivações do homicídio, entre outros atos infracionais praticados pelos envolvidos.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.