A Polícia Judiciária Civil teve doze policiais civis eleitos nas eleições municipais de  2016. Oito investigadores, três escrivães e um delegado de polícia assumirão cadeiras no Poder Legislativo de onze municípios de Mato Grosso, a partir de 1º de janeiro de 2017.

O delegado Marcos Aurélio Veloso e Silva foi eleito pelo Partido Verde, com 2.746 votos, para Câmara Municipal de Cuiabá. O escrivão Jânio Calistro foi para o 2º mandato na Câmara Municipal de Várzea Grande. Também escrivães de polícia e foram eleitos Clodoaldo Miranda da Cruz, assume cargo em Vila Bela da Santíssima Trindade, e Wagner Tavares da Cunha, em Campo Novo dos Parecis.

Já os investigadores de polícia que conseguiram uma vaga no legislativo foram João Madureira, reeleito vereador da Câmara Municipal de Várzea Grande; Messias Pereira Pontes, investigador aposentado eleito no município de Alto da Boa Vista; Cleomar Eterno de Campos, eleito em Tapurah; Carlos Eduardo de Oliveira, eleito em Terra Nova do Norte; Elias Bueno de Souza, reeleito em Nova Xavantina; Maria Celene Alves da Silva, eleita em Rio Branco; Rosinei Neves da Silva, eleito em Cáceres; Anderson Rodrigues da Costa, eleito em Araguaiana.

Leia também:  Rondonópolis e seus 64 anos de emancipação política

O investigador, Rafael Pinheiro de Farias, ficou como suplente em Barra do Garças.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.