Foto: Reprodução/ Daily Mail
Foto: Reprodução/ Daily Mail

Uma adolescente de Pentwater, Michigan, teve que lutar pela vida após ter desenvolvido síndrome do choque tóxico — ocorrência rara causadas por bactérias — decorrente do uso de absorventes interno.

A jovem Katrina Shelton estava com 16 anos quando contraiu a doença rara. Inicialmente, os médicos deram diagnóstico de gripe, e ela foi levada às pressas para o hospital depois que o “vírus” tornou-se cada vez pior e ela começou a se sentir fraca e febril.

Em seguida, Katrina foi transferida para a UTI, onde foi diagnosticada com síndrome do choque tóxico.

Eu acordei e não podia mover o lado direito do meu corpo. Não conseguia levantar a perna ou o braço e comecei a surtar. Não me lembro como cheguei lá, mas minha mãe teve que me levar para o carro, porque eu não conseguia andar.

Leia também:  Ataques contra quartel da Polícia deixam mais de 60 mortos no Afeganistão
Foto: Reprodução/ Daily Mail
Foto: Reprodução/ Daily Mail

Acredita-se que ela tenha pego a infecção mortal como resultado do uso de absorventes — mas a jovem insiste que não os usou por mais tempo do que o recomendado.

Os médicos não têm certeza do porquê exatamente isso aconteceu. Mas me disseram para não usar mais absorventes internos novamente. Fiquei tão chocada… Você vê as etiquetas de advertência nas caixas, mas nunca pensa que vai acontecer com você.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.