Foto: Luiza Marcondes/G1
Foto: Luiza Marcondes/G1

Manifestantes despejaram peixes mortos do Rio Jucu, na escadaria do Palácio Anchieta, sede do Governo do Espírito Santo, na manhã desta quinta-feira (27). O ato é em protesto contra a morte de mais de 10 toneladas de peixes que apareceram na foz do rio, em Vila Velha.

Os moradores dizem que as mortes começaram no sábado (22) e que o problema é causado pelo baixo volume de água e oxigênio do rio. Nesta quarta-feira (26), uma escavadeira começou a retirar a areia que impedia o encontro do rio com o mar. Os peixes mortos também começaram a ser retirados.

Analistas do Instituto Estadual de Meio Ambiente (Iema), da Agência Estadual de Recursos Hídricos e da Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Vila Velha estiveram no local para fazer testes e avaliar as possíveis causas de morte dos peixes.

Leia também:  Advogado é colocado para fora de avião após suspeita de racismo contra funcionária
Foto: Luiza Marcondes/G1
Foto: Luiza Marcondes/G1

A aposentada Mônica Ferreira, de 52 anos, protesta e diz que o grande problema do Rio Jucu é a quantidade de agrotóxico que estão jogando nele. “Isso, a Cesan não tem como tratar. A gente está bebendo uma água cheia de agrotóxico. Não adianta consumir produto orgânico, bebendo água contaminada. Queremos, além da retirada de fezes, a retirada de agrotóxicos da água”, reclama.

A comunicadora popular Fabiola Melca, de 34 anos, disse que o protesto precisa ser de todos que bebem água na Grande Vitória. “Além de mostrar a devastação na foz do rio, a gente quer ressaltar que esse rio é estadual. Ele nasce em Domingos Martins e abastece 70% das casas da Grande Vitória. Todo mundo tem que falar desse rio, não só quem sente o cheiro de podre”, disse.

Leia também:  Jovem invade cemitério, desencava túmulo que irmão foi enterrado e leva caixão em bicicleta

Algumas pessoas disseram que receberam a informação de que serão multadas por jogarem peixe podre no palácio. Ninguém foi detido e o ato foi pacífico.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.