Apesar de a Petrobras anunciar a redução de 1,4% no valor da gasolina para as refinarias, o preço do combustível aumentou nos postos de 11 Estados e do Distrito Federal em apenas uma semana. O valor médio do litro no Brasil foi de R$ 3,65 para R$ 3,67 no último sábado (22), de acordo com a ANP (Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis).

Além do Distrito Federal, onde o litro subiu R$ 0,20 em uma semana, de R$ 3,35 para R$ 3,55, a gasolina também está mais cara nos seguintes Estados: Amapá, Bahia, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia e São Paulo . Mato Grosso é um dos que teve uma queda tímida.

Leia também:  Corregedoria da PM diz que 'Núcleo de Inteligência' foi criado para fazer interceptações ilegais

A principal explicação para o aumento do preço da gasolina é o valor do etanol, que ficou R$ 0,05 mais caro em uma semana. A gasolina brasileira contém 27% de álcool, portanto, o preço do combustível depende diretamente do valor do etanol.

Brasil passa pela entressafra de cana-de-açúcar e, com menos matéria-prima, as usinas preferem produzir açúcar a etanol — é mais valorizada no mercado internacional. Com isso, o combustível da cana fica mais caro.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.