O vereador Marcelo Marques (PSDB), que está em seu primeiro mandato e não conseguiu se reeleger é a prova viva dentro da Câmara Municipal de Rondonópolis que produzir papéis, indicações, Moções de Aplausos, distribuir medalhas, nominar ruas e outros expedientes que apenas se refletem em números e tem poucas soluções práticas, já não é uma prática aceita pelo “novo” eleitor e parlamentares assim estão sendo riscados do mapa político dos brasileiros.

Se apresentando recentemente como o parlamentar que mais produziu indicações ao executivo municipal na história de Rondonópolis, batendo o folclórico ex-vereador Pedro da Draga, Marcelo Marques viu suas centenas de indicações virarem minguados 301 votos.

Enquanto foi vereador, Pedro da Draga, diz a lenda, afirmava que enquanto houvesse areia no Rio Vermelho ele seria eleito, o tempo passou, a areia do rio não acabou e Pedro apesar da simplicidade e do assistencialismo que fazia, não conseguiu mais se reeleger e sumiu do meio político.

Leia também:  Perpétua vai reforçar gabinete de Thiago Muniz

Apesar de muitos ainda afirmarem que o povo ainda não sabe votar e que “troca” o seu voto por qualquer benefício pessoal imediato, parece que mais uma vez o eleitor brasileiro deu o seu recado.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.