Foto: Divulgação/Sindspen-MT
Escada e colchão usados na fuga – Foto: Divulgação/Sindspen-MT

Oito detentos fugiram  na madrugada desta sexta-feira (7) da cadeia do município de Rosário Oeste – MT. Os agentes penitenciários que estavam de plantão contam que os presos conseguiram quebrar a estrutura de uma das celas, cavaram um túnel que levou até a área externa e por fim pularam o muro da unidade.

Os agentes perceberam a fuga por volta das 5h30 e em buscas dos reeducando foi localizado um túnel que ligava o interior da cela ao pátio da cadeia. Ainda na fuga, os detentos usaram uma escada para pular o muro e o auxílio de um colchão para passar pela cerca elétrica existente em volta da cadeia.

Túnel usado pelos detentos - Foto: Divulgação/Sindspen-MT
Túnel usado pelos detentos – Foto: Divulgação/Sindspen-MT

A assessoria de imprensa do Sindicato dos Servidores Penitenciários do Estado de Mato Grosso (SINDSPEN-MT), informou que a cadeia do município funciona sem a estrutura mínima necessária para garantir segurança, sem torre na muralha para fazer a guarda, contando apenas com dois agentes penitenciários no plantão. As câmeras de monitoramento que foram adquiridas pelos próprios servidores, por meio de parceria com a sociedade, se encontram queimadas.

Leia também:  Dupla é presa após furto no Residencial Três Américas

Apenas dois agentes ficam por plantão, sem estrutura e monitoramento é praticamente impossível fazer uma guarda com segurança e evitar fugas.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.