Reprodução
Reprodução

Um pediatra de um hospital da cidade de Laiwu, na Província de Shandong, na China, foi assassinado esfaqueado por um pai, após a morte de sua filha recém-nascida, informou nesta quinta-feira (6) o jornal “South China Morning Post”.

Li Bohua, um médico de 34 anos, que trabalhava no Hospital Laigang, em Laiwu, recebeu cerca de 15 facadas ao ser atacado nesta semana em seu consultório e morreu apesar dos esforços de seus colegas cirurgiões que tentaram salvar sua vida.

O suspeito do assassinato, identificado como Chen Jianli, é o pai de uma menina que morreu no mesmo hospital pouco após seu nascimento, por causa de uma pneumonia que se agravou rapidamente.

Leia também:  Mídia internacional repercute morte de turista espanhola na Rocinha

O suposto assassino entrou no hospital com uma faca e um punhal escondidos em uma mochila.
Chen já está detido e aguarda o término da investigação sobre seu caso para ser julgado, disseram as autoridades locais.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.