Foto: AP Photo/Isaac Brekken
Foto: AP Photo/Isaac Brekken

Sam Schmidt se tornou o primeiro tetraplégico a receber carteira de habilitação para dirigir um carro semiautônomo nos Estados Unidos, com algumas restrições, segundo o estado de Nevada.

O ex-piloto da Fórmula Indy, que perdeu os movimentos abaixo do pescoço após acidente em 2000, recebeu a permissão no final de setembro e já pode guiar um Corvette Z06 em ruas públicas.
O veículo modificado ganhou comandos de voz para ligar/desligar e trocar as marchas. A direção é controlada pela inclinação da cabeça, por meio de sensores e câmeras com infravermelho, que percebem a intensidade do movimento.
Já a aceleração e a frenagem são comandadas com um sistema de assoprar (acelera) e sugar (freia), conectado à boca do motorista.

Leia também:  Deputados aprovam lei antiterrorista na França

Desde 2014, Schmidt vem testando o veículo em parceria com a empresa Arrow Electronics. Em maio deste ano, ele atingiu 244 km/h em uma apresentação durante as 500 milhas de Indianápolis.

Foto: AP Photo/Isaac Brekken
Foto: AP Photo/Isaac Brekken

Schmidt só pode dirigir o carro modificado em vias públicas com um motorista habilitado ao lado para assumir o controle em caso de emergência. Ele também não pode dirigir quando houver neve ou gelo na pista.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.