presos-em-jaciara-quadrilha
Suspeitos detidos pela Polícia – Foto: divulgação PJC

Uma operação com objetivo de desarticular uma quadrilha envolvida com tráfico de drogas, homicídio e outros crimes foi desencadeada, nesta sexta-feira (21.10), pela Polícia Judiciária Civil e Polícia Militar de Jaciara (144 km ao Sul). A ação visava cumprir 21 mandados, sendo 9 ordens de busca e apreensão e de 12 prisão, nas cidades de Jaciara, Rondonópolis e Cuiabá.

A operação denominada “Silêncio” contou com apoio da Delegacia Regional e Batalhão da Polícia Militar de Rondonópolis (212 km ao Sul) e equipes do Grupo Armado de Resposta Rápida (Garra) e resultou na prisão de 11 pessoas autuantes no tráfico de drogas e em outros crimes. Uma mulher alvo da operação ainda está foragida.

Leia também:  Poxoréu | Três são detidos em garimpo clandestino

Os alvos da operação são traficantes da cidade de Jaciara e um fornecedor de drogas de Cuiabá. Segundo a Polícia, Eva Ferreira da Silva, conhecida como “Eva Sapo Boi” era a chefe da quadrilha. A suspeita já estava presa apontada como mandante de um homicídio em que a vítima foi brutalmente assassinada e decapitada, em Jaciara.

Os acusados, Dionizio de Jesus, Odinei Ortiz de Almeida, Izaenes Pereira de Almeida, Jenifer da Costa e Rutileia Pereira de Almeida, tiveram as ordens de prisão cumpridas em Jaciara.

Durante buscas na casa de Rutileia, policiais apreenderam porções de drogas, ácido bórico, balanças de precisão e objetos de procedência ilícita. Além de ter o mandado de prisão cumprido, a suspeita foi autuada em flagrante por tráfico de drogas.

Leia também:  Adolescente com identidade falsa se passa por mulher de preso em cadeia de MT

A chefe da quadrilha, Eva Ferreira Silva, Ronaldo Rosa de Jesus, Luís Thiago dos Santos, Maurício de Jesus dos Santo, Anderson Morais de Souza, já estavam presos e tiveram os mandados cumpridos dentro das Cadeias Públicas de Jaciara e Rondonópolis.

Valdebrando Peres Arantes, marido de Eva, foi preso por policiais da Gerência de Combate ao Crime Organizado em Cuiabá. Nas investigações, ele foi identificado como fornecedor da droga para quadrilha em Jaciara. A suspeita, Jaqueline Pereira da Silva Santos segue foragida.

Todos os presos na operação foram encaminhados para cadeias locais. Participaram das diligências, policiais civis e militares das cidades de Jaciara, Rondonópolis, Dom Aquino e Cuiabá.

Leia também:  Ladrão que tocava terror em Pontes e Lacerda é preso
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.