Foto: divulgação
Foto: divulgação

Ótima notícia para pacientes brasileiros com Alzheimer, que estavam pagando pelo adesivo de rivastigmina.

O SUS começou a oferecer gratuitamente esse medicamento.

O remédio que libera o princípio ativo na pele ao longo do dia.Ele diminui efeitos colaterais como náuseas, vômitos e perda de apetite porque leva o medicamento direto à corrente sanguínea, sem passar pelo sistema digestivo.

A incorporação da rivastigmina adesivo transdérmico ao SUS saiu no Diário Oficial da União no final de setembro.

A rivastigmina já estava disponível no sistema público mas apenas nas formas cápsula e solução oral.

O SUS também oferece outros medicamentos para tratamento de Alzheimer : a donepezila e a galantamina.

A doença, que atinge em média 7% dos idosos, pode causar perda de funções cognitivas.

Leia também:  Motorista embriagado invade a contra mão e causa acidente grave no PR

Mas, se diagnosticada no início, é possível retardar seu avanço, ou ainda controlar os sintomas, melhorando a qualidade de vida

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.