Rondonópolis está entre os dez municípios mato-grossense responsáveis por 48,06% do superávit da Balança Comercial do Estado. Entre janeiro e setembro Mato Grosso (MT) registrou um saldo positivo de US$ 10,070 bilhões dos quais US$ 4,480 bilhões foram resultados da diferença entre exportação e importação dos dez municípios: Sorriso, Rondonópolis, Nova Mutum, Primavera do Leste, Sinop, Lucas do Rio Verde, Querência, Sapezal, Diamantino e Campo Novo dos Parecis.

De acordo com informações do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), MT possui 85 municípios exportadores, onde dez seguram quase a metade do superávit do Estado.

Ainda conforme informações, de janeiro a setembro as exportações mato-grossenses somaram US$ 11,043 bilhões. O volume supera em 11,69% os US$ 9,889 bilhões do período em 2015. Já as importações caíram 9,16% de US$ 1,071 bilhão para US$ 973,4 milhões.

Leia também:  Feriado deve ter aumento de 42% no fluxo de veículos na BR-163

O MDIC revela ainda que em Sorriso a diferença das exportações (US$ 1,262 bilhão) e importações (US$ 138,1 milhões) resultou um superávit ao município de US$ 1,123 bilhão.

Em Rondonópolis o saldo foi de US$ 280,5 milhões, resultado de US$ 825,9 milhões em exportações e US$ 545,3 milhões em importações. Já Nova Mutum registrou até setembro superávit na Balança Comercial de US$ 559,1 milhões e Primavera do Leste de US$ 523,8 milhões.

Sinop e Lucas do Rio Verde, US$ 469,6 milhões e US$ 454,1 milhões em superávit. Querência e Sapezal US$ 376,7 milhões e US$ 355,8 milhões. Enquanto Diamantino e Campo Novo dos Parecis superávit de US$ 371,9 milhões e US$ 324,4 milhões, respectivamente.

Leia também:  Confira as vagas de emprego desta segunda (16/10/17) em Rondonópolis

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.