A alimentação pós-parto deve conter, em média, 400 calorias a mais do que a mulher está habituada a comer no seu dia a dia, para garantir uma boa produção de leite.Durante esta fase é preciso ter algum cuidado com o que se come.

O período pós-parto é um momento novo para a mulher e, com ele, diversas dúvidas são frequentes, tanto em relação aos cuidados com o bebê quanto à sua própria alimentação. Veja aqui alguns alimentos essenciais para garantir uma boa dieta para as mães, sem atrapalhar a amamentação.

Alimentos que devem ser consumidos no período pós-parto

Reprodução
Reprodução
Reprodução
Reprodução

Banana – Rica em fibras, a banana contribui para o melhor funcionamento do intestino. O potássio em sua composição contribui para a redução da pressão arterial e equilíbrio do sódio no corpo . Já o triptofano contribui para a sensação de bem-estar e prazer, controlando a ansiedade.

Leia também:  O que é obstrução urológica, problema que atingiu Michel Temer

 

 

Cacau – Também rico em triptofano, o cacau contém também magnésio, que contribui para a saúde do coração e é rico em antioxidantes, o que favorece a juventude das células.

 

 

 

Reprodução
Reprodução

Abacate – Fonte de gorduras boas, o abacate também contém triptofano e melhora o sistema imunológico por ter altas concentrações de vitamina A. A fruta também é conhecida por proteger o cérebro, devido à alta quantidade de ácido fólico.

 

 

Reprodução
Reprodução

Peixes – Carolina ressalta que peixes como o salmão, atum e linguado são ricos em ômega 3, nutriente indispensável para o desenvolvimento neurológico e visual do bebê.

 

 

 

Reprodução
Reprodução

Água – Outro item fundamental no pós-parto é a hidratação. Carolina sugere ao menos 2 litros e meio de água por dia, para garantir a produção de leite.

Leia também:  Por que você não deve pular mais o café da manhã

 

 

 

Reprodução
Reprodução

Folhas verde-escuras – São ricas em cálcio, zinco e magnésio, que protegem os ossos e o sistema imunológico. A nutricionista destaca a importância do consumo de vegetais como o agrião, a couve e o brócolis.

 

 

Reprodução
Reprodução

Carboidratos integrais – Por contarem com mais fibras, estes carboidratos garantem maior sensação de saciedade e facilitam o trânsito intestinal e, por isso, eles devem ser consumidos no lugar de carboidratos simples.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.