Imagem: 20161028 3
Piscina recuperada pela PC – Foto: PJC

Uma piscina comprada com cheques falsificados foi recuperada pela Polícia Judiciária Civil, nesta sexta-feira (28), em uma ação da equipe da 2ª Delegacia de Polícia do Cristo Rei, Várzea Grande. O golpe foi descoberto após a vítima procurar a delegacia para registrar a ocorrência. O acusado E. D. L., 35, foi identificado como autor do crime e responderá por estelionato.

Ao procurar a delegacia, a vítima, proprietária de uma empresa de venda de piscinas, informou que dois homens compareceram a sua loja e adquiriram um dos modelos, cujo valor aproximado era R$ 25 mil. Para pagar o produto, os suspeitos deram uma entrada em dinheiro de R$ 1 mil e parcelaram o restante do valor em 14 vezes de R$ 1.709.

Leia também:  Suspeito usa carro de amigo para comprar drogas e capota

A empresa fez a instalação da piscina no endereço indicado pelos suspeitos, próximo ao bairro Capão Grande, no dia 22 de outubro. No dia seguinte, o instalador retornou ao endereço para buscar uma ferramenta que havia esquecido e constatou que a piscina não estava mais no local.

Diante da informação, a proprietária da empresa entrou em contato com o banco, onde foi informada que os cheques emitidos pelos suspeitos eram clonados. Com base nas informações passadas pela vítima, os policiais iniciaram as investigações e conseguiram identificar a autor do golpe.

Durante as diligências, os policiais chegaram a informação de que o suspeito tirou a piscina do terreno durante a noite e levou para o bairro Mariana em Cuiabá, onde foi recuperada e posteriormente devolvida aos donos da empresa.

Leia também:  Presos por espionagem na PM, coronéis e cabo são exonerados da Casa Militar de MT

O suspeito tem várias passagens pela polícia e usou documentos e cheques falsos para fazer a compra.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.