Imagem: vitima de estuproUm homem de 54 anos e o filho dele, de 24 anos, foram presos pela Polícia Civil nesta quarta-feira (16) suspeitos de estuprarem uma menina de 12 anos de idade, em Cuiabá. A vítima é filha e irmã dos suspeitos, respectivamente, e relatou na Delegacia de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica) que sofria os abusos há três anos.

Os mandados de prisão temporária (30 dias) foram cumpridos no bairro Quilombo e no Centro-Norte, onde os homens moram. O G1 não localizou a defesa dos suspeitos. No entanto, segundo o delegado Eduardo Botelho, que investiga o caso, ao ser interrogado, o pai negou que tenha abusado da menina. O irmão da vítima ainda está sendo interrogado na delegado.

Leia também:  Motociclista acusado de matar travesti Tabata Brandão é preso em Rondonópolis

Segundo o delegado Eduardo Botelho, a denúncia a respeito dos abusos sofridos pela menor foi feita de forma anônima há cerca de um mês, depois que a mãe da vítima morreu, vítima de um câncer. “Passamos averiguar a denúncia e constatamos a procedência. Logo acionamos o Conselho Tutelar para retirada da criança da casa e foi solicitada a prisão de ambos”, disse.

Conforme o delegado, a menina foi ouvida pela equipe psicossocial da Dedica e relatou os abusos praticados tanto pelo pai quanto pelo irmão, com conjunção carnal. “O exame de corpo delito também constatou ruptura antiga do hímen”, afirmou.
Segundo a vítima os abusos vinham ocorrendo há aproximadamente dois anos. Pai e filho foram levados para o Centro de Ressocialização de Cuiabá (CRC) e respondem a inquérito por crime de estupro de vulnerável.

Leia também:  Motociclista provoca acidente e foge do local sem prestar socorro
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.