Imagem: soldado reencontra a mãe em ônibus de refugiados
Foto: Reprodução/BBC

Ao menos para um soldado, a operação que tenta reconquistar a cidade iraquiana de Mossul proporcionou um raro momento de alegria.
Saad, um militar que vivia na cidade, não via sua mãe desde que o grupo autodenominado Estado Islâmico tomou o local, há cerca de dois anos.

Desde o dia 17 de outubro, uma força de ataque formada por 50 mil combatentes iraquianos, peshmerga (como são conhecidos os curdos iraquianos), tribos sunitas e milicianos xiitas – assistidos por aviões militares e consultores de uma coalizão liderada pelos Estados Unidos – luta para conquistar Mossul.
Saad integra a força militar. Na semana passada, ele recebeu a informação que sua mãe poderia estar em um dos comboios de civis que tentavam deixar a cidade.
Ele iniciou então uma busca frenética em diversos ônibus até achá-la. O emocionante reencontro deles foi registrado por uma equipe da BBC.

Leia também:  Cientistas criam método que detecta uso de cocaína pela impressão digital
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.