Bandidos retiraram um corpo da sepultura, decapitaram, atearam fogo e deram sumiço à cabeça de um homem que havia sido enterrado na última quinta-feira (18) no cemitério Santo Antônio, em Maragogi, no Litoral Norte de Alagoas, a 124 km da capital Maceió. O crime bárbaro foi registrado na madrugada desta sexta-feira (18).

Imagem: sepultura é violada por bandidos
Crédito: Maragogi News

O corpo era de Clinffet Willes da Silva, morto com 10 disparos, no centro de outra cidade do Litoral Norte, a Barra de Santo Antônio. Ele já havia sido preso e condenado por tráfico de drogas.

De acordo com o relatório do Centro Integrado de Operações da Segurança Pública (Ciosp), os tiros atingiram várias partes do corpo da Clinffet.

Leia também:  Homem sobrevive ao ser prensado por trem tentando atravessar via férrea

O site Maragogi News publicou que a morte foi comemorada por gangues rivais, inclusive com a queima de fogos de artifício.

Até o momento, nem os autores do homicídio, nem os autores da violação da sepultura e destruição do cadáver foram identificados ou presos.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.