Uma salva de tiros será feita em Havana e Santiago de Cuba a partir de segunda-feira até o próximo domingo como homenagem póstuma ao líder da Revolução Cubana, Fidel Castro, que morreu aos 90 anos na sexta-feira.

Os tiros de canhão começarão a partir das 9h de segunda-feira, quando 21 disparos serão feitos simultaneamente nas províncias de Havana e Santiago, e no domingo será repetido o mesmo número em ambos os lugares, informou o Ministério das Forças Armadas Revolucionárias de Cuba.

Imagem: ex lider da Cuba Fidel Castro
Efe

Também será feita uma salva de canhão a cada hora, até as 18h, na segunda-feira, de acordo com o órgão. Depois, de terça-feira e até sábado, os tiros ocorrerão das 6h até as 18h.

Leia também:  Incêndio de grandes proporções faz mais de 2 mil californianos abandonarem suas casas

Cuba inicia este domingo como o segundo dos nove dias de luto oficial decretados pelo governo pela morte do ex-presidente Fidel Castro, mas os principais eventos de homenagem começarão na segunda-feira.

A expectativa é que nos próximos dois dias comecem a chegar à ilha líderes e outras personalidades para participar dos atos de despedida.

Os cubanos terão dois dias – segunda-feira e terça-feira – para se despedirem em Havana do comandante revolucionário, cujas cinzas estarão no monumento em memória a José Martí, na emblemática Praça da Revolução.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.