Imagem: Joabe trabalhava como gari em Santo Afonso
Foto: Joabe de Almeida/ Arquivo pessoal

Joabe de Almeida, que atuava como gari em Santo Afonso, a 266 km de Cuiabá, passará a comandar a prefeitura do município a partir do dia 1º de janeiro do ano que vem. O trabalhador de 46 anos foi eleito prefeito do município de pouco mais de 2 mil habitantes, com 1.088 votos. Ele deixou a profissão há um ano.
Antes de trabalhar como gari, Joabe já exerceu a função de coveiro e a de garimpeiro. Ele não se envergonha nem um pouco das funções que exerceu e disse se orgulhar das conquistas depois das dificuldades enfrentadas no trabalho como gari. “Ia atrás pegando tambor, sacola de lixo e jogando tudo no caminhão”, lembra.
Quando não estava atrás do veículo ajudando na coleta, Joabe estava em cima do caminhão recebendo os detritos e organizando-os na caçamba. O carro usado para retirar o lixo não é adequado para o trabalho, segundo ele. “Tinha colega que não tinha estômago para subir, mas eu ficava”, disse.

Leia também:  Mais de duas mil carteiras aguardam a retirada no Sine Matriz
Imagem: Ele usou bicicleta para percorrer casas de eleitores
Foto: Joabe de Almeida/ Arquivo pessoal

A função, para ele, é o menos importante. “Independentemente do que se faz, tem que se fazer bem feito”, afirmou. Enquanto era contratado somente para coletar o lixo, Joabe passou a limpar as ruas e capinar terrenos baldios do município.
Joabe já chegou a exercer a função de gari e coveiro ao mesmo tempo. De acordo com ele, um certo dia o coveiro do município teve que se ausentar e ele começou a abrir as covas, a mando do então prefeito. Por dois anos, ele exerceu as duas funções.

Como vereador, de 2004 a 2008, ele afirmou que começou a ganhar a confiança da população e resolveu se candidatar ao cargo de prefeito nas últimas eleições. Joabe disse que, ao todo, gastou R$ 5 mil na campanha eleitoral. “[A campanha] foi tudo muito humilde. No ‘boca a boca’, na confiança”, explicou.
Antes de ser empossado no cargo, Joabe contou que já começou a cuidar da cidade e convocou um mutirão de limpeza nos bairros. Com a ajuda de amigos, retirou entulhos, limpou terrenos e calçadas. “Sou um homem humilde, tenho garra e determinação. Creio que foi por isso que o povo se aproximou de mim”, afirmou.
No dia 1º de janeiro de 2017, ele deve tomar posse.

Leia também:  BR-163 gera cerca de 2 toneladas de lixo por dia em 2016
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.