Imagem: Filho usou espingarda para matar o pai a tiros ao defender a mãe de ameaças
Foto: Divulgação/PM

Um homem foi assassinado a tiros depois de tentar matar a mulher, nesta terça-feira (22), no Distrito de União do Norte, em Peixoto de Azevedo, a 692 km de Cuiabá. Segundo a Polícia Civil, o filho do casal atirou contra o pai para tentar defender a mãe. Ele fugiu do local e ainda não foi localizado até esta quarta-feira (23).

De acordo com a Polícia Civil, ocorreu uma discussão entre o marido e a mulher, em uma propriedade rural no Assentamento Vida Nova 1. Armado com um revólver, ele deu um soco na mulher e ameaçou matá-la. Outras brigas e desentendimentos já teriam ocorrido antes desse episódio na família. Conforme a Polícia Civil, o filho do casal, que teria 21 anos, usou uma espingarda para atirar contra o pai, que foi atingido por, pelo menos, dois disparos.

Leia também:  Poconé | Sobe para 23 o número de foragidos recapturados pela Polícia

Um dos tiros atingiu o peito dele e o outro uma das mãos. O marido tinha 51 anos e morreu antes de ser socorrido. Ele iria fazer aniversário nesta quarta-feira. De acordo com a Polícia Civil, não foram encontradas queixas da mulher em relação ao marido. O homem que morreu respondia um processo na justiça pelo crime de homicídio.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.