Imagem: homem fazia arrecadação de dinheiro usando nome de igrejaUm homem de 31 anos foi preso nesta segunda-feira (31) em Tangará da Serra, a 242 km de Cuiabá, por usar o nome de uma igreja e de uma instituição de caridade daquele município em uma falsa campanha da arrecadação de dinheiro. Valmir Aparecido Oenning relatou aos policiais que é usuário de droga e usaria o dinheiro para comprar entorpecente.

Com um documento assinado, ele chegou a arrecadar cerca de R$ 900 no comércio local. Com ele, foi encontrado um papel com a relação de todas as empresas que já haviam colaborado com a falsa campanha. Além disso, foram apreendidos três cartões de crédito.

“O que chamou a atenção era que os valores solicitados eram pequenos, por volta de R$ 50”, explicou o tenente Natan Vieira Alves, da Polícia Militar.

Leia também:  Ex-vereadora e marido são encontrados mortos em sítio
Imagem: Suspeito relatou aos policiais que era usuário e que compraria entorpecente com o dinheiro
Reprodução/TVCA

O frei Eliseu, responsável pela igreja católica do município, disse que ficou surpreso com a atitude do homem. “Fiquei espantado de ver que uma pessoa tentou prejudicar a população com uma campanha falsa”, disse.
O religioso alertou a população sobre campanhas realizadas pela comunidade católica. “Sempre que há uma campanha há um ofício com a assinatura do frei em papel timbrado da igreja”, disse.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.