Imagem: banco da Austrália é incendiado deixa feridos
Reprodução

Vinte e seis pessoas ficaram feridas, algumas em estado grave, depois que um homem ateou fogo por motivos ainda desconhecidos em uma agência bancária na região de Melbourne, Austrália.

De acordo com a polícia, o homem entrou em uma agência do Commonwealth Bank em Springvale, subúrbio de Melbourne, com um líquido inflamável.
Informações da imprensa indicam que o suspeitou jogo o líquido no corpo e foi vítima das chamas, mas a versão não foi confirmada pelas autoridades.
“Ele transportava algum tipo de líquido inflamável. E de alguma maneira o líquido provocou o incêndio dentro do banco”, afirmou a comandante de polícia Jacqui Poida.

A motivação do incêndio ainda é desconhecida e Poida destacou que é muito cedo para especular uma eventual relação com o terrorismo.
De acordo com os serviços de emergência, seis feridos se encontram em estado grave, incluindo ao que parece o suspeito, que foi hospitalizado.
Quando as ambulâncias e bombeiros chegaram ao local, as portas da agência estavam trancadas.

Leia também:  EUA e Coréia do sul simulam manobras de bombardeio sobre Coréia do Norte

“O fogo estava dentro do prédio. Então eles entraram com aparelhos de respiração e mangueiras. Eles resgataram 25 pessoas, que tinham desde queimaduras leves até ferimentos graves”, disse o porta-voz dos bombeiros, Paul Carrig.
Uma testemunha, Ashley Atkin-Fone, contou que ouviu uma “forte explosão” e gritos de crianças.

“Um jovem saiu correndo, queimado, ele gritava (…) havia sangue por todos os lados”, disse ao jornal Herald Sun.
Ela explicou que pegou um extintor em uma loja próxima e entrou no banco para tentar apagar o incêndio. “Foi o instinto”, disse.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.