Imagem: Centro de Iniciação Esportiva
Imagem ilustrativa do CIE – Foto: Divulgação

O município de Rondonópolis apareceu em uma lista preliminar divulgada pela Comissão Especial das Obras Inacabadas do Senado com quatro projetos não concluídos. As obras relacionadas ao município são das áreas de esporte, saneamento e urbanização e tem valores de R$ 1,9 milhão, R$ 3,4 milhões, R$ 2 milhões e R$ 3,3 milhões.

Ao todo, o documento traz 1,6 mil projetos em 1,5 mil municípios, a intenção de acordo com o senador Wilder Morais (PP-GO) é estreitar a lista, pois constam muitas obras “fantasmas”, que não foram iniciadas de fato, ainda inscritas na fase de emprenho.

Segundo o Senado, o plano de trabalho aprovado na reunião, da lavra do próprio relator, prevê ainda a identificação de projetos de lei em tramitação no Congresso sobre o tema, além de audiência pública sobre os desafios da gestão de obras públicas no Brasil com o Ministério do Planejamento, a CGU, o TCU, o Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea), o Instituto Brasileiro de Auditoria de Obras Públicas (Ibraop) e Câmara Brasileira.

Leia também:  Taques reclama e mesmo com protestos confirma Unemat em Rondonópolis

As quatro obras relacionadas a Rondonópolis foram especificadas como “Praças-Rondonópolis”, “Centro de Iniciação ao Esporte”, “Ampliação do SES na sede municipal nos bairros Jardim Ipanema e Boa Esperança” e “Urbanização – Lúcia Maggi III”.

Imagem: obras inacabadas rondonópolisEm contato com a assessoria da Prefeitura de Rondonópolis a mesma informou por meio de nota que a obra do Centro de Artes e Esportes Unificado não está parada.

Segundo a Secretaria Municipal de Infraestrutura, a obra está em andamento no Jardim Margaridas. A urbanização do Lucia Maggi III está paralisada, pois o projeto está passando por alterações para que se adeque da melhor forma, atendendo a necessidade do programa habitacional.

Já, o Centro de Iniciação ao Esporte, no Vila Rica, não teve as obras iniciadas em função da não autorização de início de obra pelo Ministério do Esporte. Segundo o Ministério do Esporte, o convênio em questão não conta com a disponibilização de recursos para o início das obras. A Sinfra finalizou a licitação da obra há 90 dias, porém não pode dar ordem de serviço em função da falta de liberação dos recursos.”

Leia também:  Balcão de empregos: 231 vagas para Rondonópolis (08/06)

Já assessoria do SANEAR, explicou que em relação a obra “Ampliação do SES na sede municipal nos bairros Jardim Ipanema e Boa Esperança” a obra no bairro Jardim Ipanema já está concluída e em funcionalidade. “O Sistema de Esgotamento Sanitário SES foi finalizado pelo Sanear, com economia contratual de mais R$ 700 Mil.  Em relação ao bairro Boa Esperança, ainda não há contratualização de recurso federal para execução da obra, o Sanear e o Município de Rondonópolis estão buscando esses recursos,” informou por meio de nota.

Em Mato Grosso, foram identificadas no total 27 obras inacabadas pela Comissão do Senado.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.