Não importa qual é a roupa escolhida, esse detalhe pode mudar o resultado de qualquer produção. E o que é? O decote! Dependendo do modelo que foi escolhido, ele pode favorecer ou acabar com o visual, destacando pontos bons ou ruins de seu corpo.
Mas então, o que fazer? Democrático, existem vários tipos de decote e com certeza há aquele que irá valorizar seu tipo de corpo. Uma das coisas que podem influenciar na escolha é o tamanho dos seios. Então, antes de mais nada, em qual desses casos você se encaixa:

Seios pequenos – Mulheres com seios pequenos – ao contrário do que pensam – podem usar e abusar de muitos tipos de decotes, tornando o look ainda mais elegante. Detalhes na região do busto, como babados, apliques e franzidos, ajudam a dar mais volume na região, caso queira dar a ilusão de um seio maior. Atenção para modelos tomara-que-caia ou blusas muito justas, para não achatar a parte frontal.

Seios grandes – Já as mulheres com seios grandes muitas vezes precisam de estruturas – como sutiãs reforçados – para aguentar o peso. Nessa caso, procure evitar detalhes e interferências na região para não aumentá-la ainda mais. Colocar o foco na área do colo pode ser uma grande estratégia, investindo em linhas verticais para alongar o tronco.

Com tudo isso em mente, é hora de botar em prática! Veja alguns exemplos deste aliado fashion e qual é a melhor opção para sua combinação:

Leia também:  Conheça a tendência sereísmo 2017 | Moda e Beleza

Decote Canoa
Sinônimo de muita elegância, pois realça os ombros e cria a ilusão de eles serem maiores, ótimo para o corpo pera e triângulo, equilibrando a silhueta. Esse decote é ideal para quem tem seios de pequenos a médios. Para alongar o visual, complete a produção com um colar comprido ou, para quem tem o pescoço muito comprido e quer disfarçar, abuse dos shockers e gargatilhas.

Decote Quadrado
O decote quadrado valoriza a região do busto e pescoço, ideal para os seios grandes – já que consegue bastante sustentação. Seios pequenos também são bem-vindos, e uma opção é escolher uma roupa com mais informação, como alças trabalhadas ou babados.

Tomara que caia
Qualquer mulher podem abusar desse modelo de decote, mas dependendo do tamanho dos seios é preciso tomar alguns cuidados, principalmente com os tecidos: os mais leves são ideais para aquelas com pouco busto; já os mais firmes e estruturados favorecem as que tem o busto médio e grande, dando mais estabilidade para área.

Decote Transpassado
Esse tipo favorece que está com alguns quilos a mais e quer disfarçar, pois alonga o pescoço e afina a cintura – um plus para as baixinhas. Também é ótimo para seios grandes, dando sustentação.

Decote frente única
O decote frente única é símbolo de charme e sensualidade, deixando a parte das costas de fora. Muito usado em dias mais quentes e ocasiões mais requintadas, principalmente para eventos à noite. Ideal para seios pequenos, desviando a atenção para a parte posterior do corpo.

Leia também:  Aprenda dicas rápidas para uma maquiagem perfeita

Decote Coração
Remetendo a um look mais romântico, o modelo coração também é conhecido como decote meia taça, podendo apresentar alças ou não. O formato do decote chama a atenção para região do busto e, assim como no tomara que caia, a escolha certa do tecido pode valorizar qualquer tipo de corpo.

Decote em U
O decote em U pode aparecer profundo ou discreto, dependendo do visual. Ele cai em praticamente todos os tipos de corpo, mas favorece mulheres com cintura e quadril mais quadrados. Ele aumenta o busto, o que pode ser uma grande escolha para quem tem seios pequenos.

Decote em V

Quando o assunto é alongar, esse é o decote perfeito. O modelo em V valoriza qualquer tipo de seio, porém tome cuidado quando for escolher a profundidade. Os mais profundos podem ficar vulgar em quem tem muito busto.

Decote de ombro só
O decote de ombro só é uma excelente opção para quem quer um look elegante. Se você tem ombros largos, pode usar sem medo! Vale lembrar que para usar esse modelo, deve-se investir em um sutiã tomara que caia para dar sustentação e não quebrar a graça principal da peça que é ter um dos ombros à mostra.

Leia também:  Colete: Saiba como usar a peça queridinha do momento | Moda e Beleza

Decote ombro a ombro
O decote ombro a ombro, também conhecido como cigano, desvia o olhar para a região superior do corpo, ideal para quem tem quadris mais avantajados – equilibrando o visual. Ele também ajuda a disfarçar os braços, para aquelas que querem esconder um pouco essa parte. Podem ser usados em todas as ocasiões e deixam o look super mega feminino.

Decote gola alta
O decote gola alta só ganha esse nome quando está acompanhado de mangas, sejam elas curtas ou longas, tornando-se um dos decotes mais difíceis de serem usados no Brasil devido às altas temperaturas. É perfeito para as mulheres com seios pequenos, pois costuma criar bastante volume no colo e dão efeito de um busto maior. Ele também pode trazer benefício para as mulheres com pescoços longos, à medida que o esconde quase por inteiro e disfarça o seu tamanho.

Decote Tartaruga
Esse nome pode parecer esquisitão, mas com certeza você conhece esse modelo. Diferentemente do decote de gola alta, o tartaruga caracteriza-se pela ausência das mangas, ou seja, o pescoço e colo fica completamente cobertos. Como no caso da gola alta, não é indicado para mulheres com muito seio, pois aumenta o volume do busto. Mesmo assim, se sentiu vontade de usar, coloque um colete, cardigã ou casaco para criar uma linha vertical e alongar a região.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.