Imagem: Thiago Silva
Foto: assessoria

O vereador Thiago Silva (PMDB), esteve anteontem em Brasília reunido com o Secretário Nacional de Juventude Bruno Moreira Santos, cargo ligado diretamente à Presidência da República, para discutir projetos para juventude de Rondonópolis. Durante o encontro o vereador solicitou a implantação da Estação da Juventude na cidade. O Programa Estação Juventude oferecerá diversos serviços para promover a inclusão e emancipação dos jovens. A Estação da Juventude são espaços que têm o objetivo de ampliar acesso dos jovens às políticas públicas. “O secretario Bruno explicou os passos para cadastrar o pedido no site de convênios do Governo Federal para que possa atender a juventude do município e implantar uma unidade da estação na cidade. O portal estará disponível para cadastro no início do próximo ano”, disse Thiago Silva.

Leia também:  PSDB confirma convite de Pátio, mas ainda não fecha acordo

Segundo o vereador o Governo Federal lançará nos próximos meses o Plano Nacional de Apoio ao Desenvolvimento de Empresas Júnior e Startups, em parceria com a Empresa Júnior e o Conselho Nacional de Jovens Empreendedores e o município será atendido com este projeto com o intuito de apoiar os jovens empreendedores.

Na reunião também ficou discutido que o município também será atendido com os projetos Identidade Jovem, Juventude Viva e Residência Agrária Jovem. A Secretaria Nacional de Juventude foi criada em 2005 visando a potencialização de uma série de programas e ações voltadas aos jovens com idades entre 15 e 29 anos. Em 2016, o órgão foi vinculado novamente à Secretaria de Governo da Presidência da República pelo presidente Michel Temer, por meio da Medida Provisória 726/2016, o que fortalece a articulação interministerial, o diálogo com a sociedade civil, principalmente com o Conselho Nacional de Juventude (Conjuve) e potencializa a transversalidade do tema contribuindo para os avanços registrados na última década, que incluem o aumento do número de jovens no ensino superior, a retirada de milhões deles das condições de miséria e pobreza, a criação de mecanismos de participação social, a exemplo dos Conselhos e das Conferências Nacionais de Juventude, e a garantia de direitos específicos, tendo por base o Estatuto da Juventude, aprovado em 2013.

Leia também:  Jovem é detido por envolvimento com tráfico de drogas em Rondonópolis

“Ao longo dos anos de existência da Secretaria Nacional da Juventude, as políticas de juventude têm ganhado reconhecimento do jovem como um sujeito político e de direitos. Esta política teve na participação social um de seus principais alicerces, tanto para a construção de demandas, como para a elaboração da uma agenda de políticas públicas que passou a atender às especificidades dos jovens”, ressaltou o vereador Thiago Silva.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.