Um homem acusado de assassinar o próprio sobrinho teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Judiciária Civil, nesta segunda-feira (21), em Aripuanã. O acusado, Josias Batista da Silva, o “Chapéu” era considerado foragido da Justiça desde 2008 e estava trabalhando em uma propriedade rural do município.

O suspeito estava com mandado de prisão preventiva decretado pela comarca de Nova Monte Verde, apontado como autor do homicídio de seu sobrinho, Claudinei Batista da Silva, conhecido como “Dinei”, na comunidade Novo Paraíso, no município de Nova Bandeirantes.

Após receber informações sobre a ordem de prisão, a equipe de investigação descobriu que o suspeito estava em Aripuanã, cidade a aproximadamente 285 km do local do homicídio, trabalhando como caseiro, em uma fazenda.

Leia também:  Poxoréu | Três são detidos em garimpo clandestino

Após dar cumprimento ao mandado contra o suspeito, policiais entraram em contato com a mãe da vítima, que ficou muito emocionada com a prisão de seu irmão, responsável pela morte de seu filho. “A Justiça tarda, mas não falha. Sempre acreditei no trabalho de todos os policiais que estavam investigando o caso”, disse.

Participaram das investigações e prisão a equipe da Polícia Civil de Nova Bandeirantes, composta pelos Escrivães Everson da Silva Cândido, Leomar Ferreira dos Santos e os investigadores de Aripuanã, Rafael França Correa, Elton Soares Rezende, Doripes Dedis Alves de Jesus e Robson Rodrigues de Oliveira.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.