O que o trabalhador rural, D. P. B., 51 anos, não imaginava aconteceu com ele, no início da tarde de quinta-feira (17) na Praça dos Carreiros, em Rondonópolis, por volta das 12h40.

Depois de chegar da zona rural, mais precisamente do assentamento Dom Osório, onde trabalha em uma pequena propriedade, a vítima que acabará de receber um pagamento por seus serviços, foi rendido por dois bandidos, que se aproximaram do trabalhador em uma motocicleta Honda, modelo Biz de cor azul e anunciaram o assalto.

De acordo com o relato de D. P. B., para a confecção do Boletim de Ocorrências (BO), logo que se aproximaram, o garupa desceu empunhando um revólver e começou a gritar, “Passa a bolsa, Passa a bolsa”. Sem ação e com medo da reação dos bandidos, a vítima entregou os pertences e a dupla saiu em alta velocidade tomando rumo ignorado.

Leia também:  Polícia esclarece latrocínio de dentista com identificação de 3 envolvidos entre eles um menor

Aos policiais militares que confeccionaram o BO, D. P. B., disse que dentro da bolsa estavam todos os seus documentos pessoais e R$ 1.800 que seriam do seu acerto pelo serviço prestado no sítio.

Sem conseguir identificar os bandidos ou mesmo a moto, o roubo praticado contra D. P. B., agora fará parte das estatísticas da PM e da Polícia Judiciária Civil.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.