A área do estado de Mato Grosso (MT) foi elevada para 9,39 milhões de hectares, se tornando 0,9% superior à da safra 15/16. Apesar de a nova projeção elevar um pouco mais a área, ainda assim a safra 16/17 tende a se firmar com o menor aumento anual da série histórica do Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea) – início safra 07/08 -. As informações são do 3° levantamento do Imea da safra 16/17 em MT.

Com relação à produtividade, o sentimento do mercado é de que MT apresente patamar inédito de 54,05 sc/ha, o que deve ampliar a produção estadual para 30,47 milhões de toneladas, cerca de 9,6% superior à de 2016, pautado no adiantamento da semeadura e nas boas revisões climáticas para os próximos meses.

Leia também:  Receita Federal paga nesta segunda (16) o 5º lote de restituição do IR 2017

Apesar do grande potencial produtivo da nova safra, ainda assim, os riscos à produtividade são elevados devido, sobretudo, às indefinições dos reflexos do clima na colheita. Para mais informações, acesse o link.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.