Imagem: AldoJosé Aldo vai buscar subir de categoria, de pena para leve, em busca de uma revanche contra o Conor McGregor. Em entrevista ao Esporte Espetacular, o brasileiro cravou que falta apenas um adversário para disputar o cinturão interino mirando em uma oportunidade contra o irlandês, que venceu a luta no UFC 194 em dezembro de 2015.
– Esse é o nosso maior objetivo: subir de categoria e fazer essa luta o quanto antes – afirma o lutador ao repórter Regis Rösing.

Aldo lutaria com Max Holloway no dia 11 de fevereiro de 2017, no UFC 208, na categoria pena. Porém, o adversário alegou problemas particulares e recusou o desafio. Agora, o brasileiro busca um oponente nos leves, já que o número um da categoria, o russo Khabib Nurmagomedo, negou a proposta.

Leia também:  União começa neste domingo sonho de voltar à Copa do Brasil

– Era para eu ter lutado dia 11 de fevereiro, mas no peso-pena, peso normal. Mas meu adversário falou que estava cheio de problema, não pode lutar. Então, a gente procurou fazer uma luta agora no peso-leve – uma categoria acima – disputar o cinturão interino, mas também o número um deles não aceitou. Então, a gente está em busca de um adversário. Se tudo der certo, 3 ou 4 de março eu estarei lutando pelo cinturão interino, que futuramente isso me credencia a disputar o cinturão linear com o Connor, que esse é meu maior objetivo hoje – diz José Aldo.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.