Um invasor armado com uma faca atacou a tenista bicampeã de Wimbledon, Petra Kvitova, dentro de seu apartamento, na República Tcheca, nesta terça-feira (20). A atleta diz ter sido “gravemente ferida” na mão esquerda, com a qual joga, e passa por cirurgia de quatro horas de duração.
“Em minha tentativa de me defender, fui gravemente ferida na minha mão esquerda. Estou nervosa, mas com sorte de estar viva”, disse Kvitova em publicação no Twitter.

Imagem: tenista é esfaqueada
Foto: Vincent Kessler/Reuters

A tenista número 11 do mundo disse que ainda está esperando maiores detalhes dos médicos sobre sua situação. “O pior já ficou para trás”, afirmou em um comunicado publicado na página da equipe tcheca na Fed Cup no Facebook.
Kvitova foi atacada em casa em sua cidade-natal de Prostejov, cerca de 260 quilômetros a sudeste de Praga, segundo a mídia. Uma porta-voz do hospital da cidade disse que ela foi tratada por um ferimento de faca, sem dar maiores detalhes.

Leia também:  Famílias afetadas por incêndio de Londres recebem alimentação gratuita em restaurante do inglês Jamie Oliver

“O que aconteceu comigo não foi nada agradável, mas já deixei para trás”, disse Kvitova em publicação no Facebook. “O principal para mim agora é que os médicos irão determinar como minha mão está. Confio neles e acredito que tudo irá terminar bem”, acrescentou.

O porta-voz da tenista, Karel Tejkal, disse à agência de notícias CTK que a agressão foi “um ato criminoso aleatório”. “Ela foi agredida em seu apartamento e está sob o cuidado dos médicos, mas seus ferimentos não ameaçam sua vida”, acrescentou.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.