A chanceler alemã, Angela Merkel, afirmou nesta terça-feira que o incidente com um caminhão ocorrido em um mercado de Natal de Berlim aparentemente foi um ataque terrorista. Segundo ela, a ação pode ter sido cometida por um imigrante que havia buscado asilo na Alemanha.

Imagem: caminhão atropelou dezenas de pessoas
Reprodução Internet

Eu sei que seria especialmente duro para todos nós suportar isso se for confirmado que a pessoa que cometeu este ato buscou proteção e asilo na Alemanha”, afirmou Merkel na chancelaria em Berlim. “Seria especialmente desprezível em relação a muitos, muitos alemães que estão diariamente envolvidos na ajuda aos refugiados e em relação a muitas, muitas pessoas que realmente necessitam essa proteção e lutam para se integrar em nosso país ”

Leia também:  Americanos estarão proibidos de viajar para Coréia do Norte a partir de agosto

Merkel disse que está em contato constante com as autoridades do setor de segurança e que será feito o que for necessário para investigar o ataque. Ela pediu também que os alemães não vivam com medo. “Nós não queremos viver paralisados pelo medo do mal”, afirmou.

Segundo a imprensa alemã, o suspeito detido após o ataque era um cidadão paquistanês que foi para a Alemanha em 2015 ou no início de 2016. O suspeito lançou um caminhão contra a multidão, matando pelo menos 12 pessoas.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.