Imagem: produção de leite
Produção de leite – foto: reprodução

Rondonópolis está entre as três cidades mato-grossense que registrou um aumento considerável na recuperação das pastagens conforme apontam dados da Somar meteorologia. Dados do Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea) mostram que a recuperação da pastagens contribuiu para o aumento na produção de leite no estado.

De acordo com informações, todas as regiões registraram aumentos na produção, devido às abundantes chuvas que favoreceram a recuperação das pastagens. Para ilustração, nos municípios de Rondonópolis, Sinop e Sorriso, as precipitações em outubro/16 foram 101% maior que no mês anterior, conforme dados da Somar meteorologia.

Com o avanço da safra leiteira em Mato Grosso, o índice de captação de leite do Imea apresentou expressivo crescimento de 17,88 pontos percentual em outubro no comparativo mensal.

Leia também:  Em greve há duas semanas, Santa Casa anuncia fechamento da UTI Pediátrica
Imagem: pequeno produtor de leite
Pequeno produtor de leite – Foto: Assessoria

As expectativas dos agentes de mercado para os próximos meses é de que a oferta de leite continue subindo, aumentando a produção na indústria e abastecendo o comércio varejista.

Contudo, os economistas do Imea ressaltam que o mercado não está com sobre oferta de leite, tendo em vista que no acumulado dos últimos dez meses a produção está 4,70% menor no comparativo anual.

Imagem: leite saquinho
Leite de saquinho – Foto: reprodução

Dito isto, essas perspectivas devem chamar atenção do produtor, pois, qualquer alteração na oferta de leite ou movimentações nos demais elos, o preço da matéria-prima pode ser impactado.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.