Imagem: titi
Reprodução

A adolescente de 14 anos que confessou ter feito injúrias raciais contra a filha dos atores Bruno Gagliasso e Giovana Ewbank é negra e não se mostrou arrependida com o que fez, de acordo com a delegada Daniela Terra, responsável pela investigação, da DRCI. A descoberta causou surpresa nos investigadores e tristeza na família, que tem outros negros, inclusive a mãe da autora.

“Ela não se mostrou arrependida, o que até causou estranheza pra gente, e foi clara em dizer que ela era negra. É uma tristeza e um passo para trás da nossa sociedade”, disse Terra.
A jovem não foi detida e vai responder por ato infracional análogo ao crime de injúria racial. Três pessoas prestaram depoimento e os familiares também foram levados para a delegacia. A jovem é de Guarulhos e também fez injúrias raciais a Gabi Amarantos.

Leia também:  Resumo de novelas desta segunda-feira (17)

Gagliasso chegou a desabafar em redes sociais sobre incumprimento de dois mandados de busca e apreensão – inclusive contra uma adolescente de 14 anos.
“Temos consciência de que ela é apenas mais uma das milhares de pessoas vítimas de preconceito todos os dias nesse país, um país que também é vítima recorrentemente de falta de investimento em educação e de ações afirmativas contra o preconceito racial”, escreveu o artista.

A menor detida confessou ser uma das autoras das ofensas à criança e relatou ter criado um perfil falso em rede social para fazer as ofensas, acreditando que assim ficaria impune. Outras sete pessoas foram levadas para prestar esclarecimentos.

Leia também:  Resumo de novelas desta segunda-feira (19)
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.