Imagem: edson amorim
Edson Amorim – Foto: reprodução

O corpo do dono da rádio Amorim AM e 104 FM de Rondonópolis (MT), Edson Amorim Pires, 63 anos, foi encontrado em Praia Grande, litoral paulista. Parentes reconheceram na tarde deste sábado (3) o corpo do empresário que estava desaparecido desde sexta-feira (2), quando saiu do hotel em Praia Grande para caminhar pela orla do mar. Segundo a Polícia Militar de São Paulo a causa da morte do empresário foi afogamento.

De acordo com informações, o empresário esteve na cidade de Rondonópolis em reunião com o Prefeito Percival Muniz na semana passada para articular a migração da rádio Amorim AM para FM. A família de Amorim também fundou a 1ª rádio AM de Rondonópolis, nomeada como Braniff.

Leia também:  Mutirão Fiscal acontece na Prefeitura de 16 a 31 de outubro

Edson morava em Umuarama e era proprietário também das rádios Aline FM e Bianca FM de Umuarama, Chrystian FM, de Alto Piquiri e Eden, de Lupionópolis. Cada uma das emissoras tem o nome de um dos filhos do empresário.

Edson Amorim Pires também viveu muitos anos nos Estados Unidos e cuidava das empresas à distância.

Discos voadores

Edson também era envolvido na política. Integrava os quadros do Partido Verde (PV) em Umuarama. Visto com reticências por alguns, tinha uma forma diferente de entender o mundo.

Dono de inteligência rara para uns, louco para outros, era um convicto defensor da existência de vida fora da Terra. Pessoas próximas do empresário dizem que ele chegou a construir um local para receber discos voadores.

Leia também:  Desfile de 7 de Setembro terá reforço com mais de 3 mil desbravadores
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.