Imagem: Professor Diogo Diedrich Lemes Grellmann fez várias apresentações
Professor Diogo Diedrich Lemes Grellmann fez várias apresentações – Foto: Ronaldo Teixeira/AGORAMT

A Escola Estadual Pindorama de Rondonópolis finalizou nessa manhã (14) o ano letivo de uma maneira diferente. Os alunos participaram de várias apresentações de danças, músicas e teatros que foram elaboradas no decorrer das aulas com o acompanhamento dos professores.

Esse é o 1º ano que a escola aderiu ao ensino integral, que vai das 07h às 15h. Em uma das disciplinas tem um momento cultural denominado Projeto de Vida, que veio para ampliar o currículo e a educação integral.

A proposta esse ano,  foi só para o ensino médio, que conta com aproximadamente 220 alunos inseridos. As aulas de Projeto Vida 1 e 2, são matérias que estão na grade e os alunos tem que cumprir com as cargas horárias, como critério avaliativo para serem aprovados e as apresentações e manifestações contam como nota.

Leia também:  Mais de 900 vagas de emprego anunciadas pelo Sine, 91 são para Rondonópolis
Imagem: Diogo Diedrich Lemes Grellmann
Diogo Diedrich Lemes Grellmann – Foto: Ronaldo Teixeira/AGORAMT

As atividades não se resumem apenas em manifestações corporais, mas também com partes teóricas e científicas, onde os alunos fazem pesquisas, que trabalham além dos muros da escola. Segundo o Professor, Diogo Diedrich Lemes Grellmann, no início as aulas causaram um estranhamento nos alunos. “Nem todos recebem essas atividades como fundamental, mas depois eles fizeram, cada um à sua maneira e nas suas possibilidades”, explica.

Para o aluno Ismane dos Santos Gentil, as atividades corporais, não lhe oferecem tanto interesse e ele prefere não participar, mas tem que fazer um trabalho, voltado ao tema, para conseguir a nota na disciplina. “Eu prefiro ficar de fora e a minha sorte é que o professor me dá um trabalho sobre o tema e eu assim consigo minha nota”. Relata

Leia também:  Gás tem reajuste de quase 13% e consumidor deve pagar R$ 95 em Rondonópolis

O Projeto de Vida, tem a intenção de preparar os alunos para a vida real para que eles estejam inseridos em um futuro próximo ao mercado de trabalho e na sociedade. As atividades contam com a exposição de trabalhos desenvolvidos dentro do âmbito educacional e para o aluno, Maurício Gabriel de Aguiar Barbosa, as atividades são de suma importância. “Essas aulas vieram para nos preparar para o futuro”, finaliza.

 

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.