Imagem: festa aconteceu durante show
Foto: @seungylee14 via AP

Quarenta pessoas podem ter morrido em um incêndio ocorrido em um armazém onde um coletivo de artistas de Oakland, Califórnia, participava de uma festa, indicaram neste sábado (3) autoridades.
Os serviços de identificação se prepararam para enfrentar um total de entre 30 e 40 vítimas, disse o sargento Ray Kelly, da polícia local.

Segundo a chefe dos bombeiros de Oakland, Teresa Deloach-Reed, a maioria das vítimas do incêndio, que começou por volta das 23h30 locais de sexta-feira, morreu no andar superior do armazém, conhecido como “nave fantasma de Oakland”.
“O teto caiu e há grandes escombros que precisam ser removidos”, assinalou.
Ainda não se sabe a causa do incêndio, ocorrido durante uma festa de música eletrônica da qual participaram entre 50 e 100 pessoas.

Leia também:  Ataque contra igreja no Texas mata 26 pessoas sendo 8 da mesma família

Vinte e cinco pessoas permaneciam desaparecidas ao meio-dia de hoje, enquanto o antigo armazém estava parcialmente inacessível aos socorristas.
Alguns dos desaparecidos são estrangeiros, o que torna mais difícil a identificação das vítimas, que têm entre 20 e 30 anos.

Imagem: numeros de mortos podem chegar a quarenta mortos
Divulgação

O armazém, que abrigava um coletivo de artistas, tinha várias divisões que haviam sido acrescentadas, e uma escada construída provisoriamente.
Algumas das mudanças na estrutura tornaram extremamente difícil escapar do incêndio, explicou Teresa em entrevista coletiva.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.