Imagem: Mederios UFMT 1
Foto: assessoria

O senador José Medeiros (PSD-MT) está propondo que o Hospital Regional de Rondonópolis seja transformado em Hospital Universitário, com a gestão sendo repassada ao curso de medicina da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).

“Hoje, o hospital atende vinte municípios da região sul do estado. Apesar das dificuldades enfrentadas, ele tem sido referência em alta complexidade, principalmente para traumatologia e tomografia. Portanto, acredito que transformando a unidade em hospital escola, teríamos um ganho ainda maior no atendimento populacional e na excelência dos serviços prestados, sobretudo porque os recursos viriam direto da União”, destacou.

A proposta de Medeiros envolve a união de esforços do governador Pedro Taques; do ministro da Saúde, Ricardo Barros; do ministro da Educação, Mendonça Filho; e da reitora da UFMT, professora Myrian Serra. O professor Mateus Dalbem Ferreira, coordenador do curso de Medicina da UFMT, Campus de Rondonópolis, avalia positivamente a proposta.

Leia também:  Pátio reconhece problema, mas nega fechamento da Coder

Segundo José Medeiros, a ideia de transformar o hospital regional em universitário ganhará um reforço a mais quando for aprovado o PL 5273/2016, que cria a Universidade Federal do Rondonópolis, por desmembramento de campus da UFMT. A proposta esta na Comissão de Finanças e Tributação (CFT) da Câmara dos Deputados, aguardando análise técnica do Ministério da Educação.

Capacidade – O senador mato-grossense lembrou que os hospitais universitários nas cidades onde são instalados apresentam grande heterogeneidade quanto à sua capacidade, incorporação, tecnologia e abrangência no atendimento. “As experiências são positivas e todos os hospitais escolas desempenham papel de destaque na comunidade onde estão inseridos”, afirmou.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.