Imagem: adesivos LSD
Adesivos apreendidos – Foto: divulgação PJC

Mais de 6,4 mil adesivos de LSD, avaliados em R$ 320 mil, foram apreendidos pela Polícia Judiciária Civil, na manhã deste sábado (17.12), em Sinop (500 km ao Norte). A ação do Grupo Armado de Resposta Rápida da Delegacia Regional de Sinop localizou a droga em poder do DJ, Marcos Vinicius de Souza Santos, 27, e da sua esposa, Ana Carline da Silva, 27.

Segundo a Polícia, o casal promovia festas em que as drogas sintéticas eram comercializadas. Essa foi a maior apreensão desse tipo de entorpecente realizada em Sinop.

As investigações iniciaram após investigadores do Garra receberem a informação de que o suspeito havia recebido uma grande quantidade de adesivos de LSD e comprimidos de ecstasy que abasteceriam o evento de música eletrônica, “Under”, que aconteceria na noite deste sábado (17). O suspeito seria uma das atrações da festa.

Leia também:  Quatro são presos por caça de animais silvestres e uso ilegal de armas

Com a denúncia, a Polícia representou pelo mandado de busca e apreensão domiciliar, decretado pela Justiça, e cumprido nesta manhã.

Em buscas na residência do casal, no bairro Recanto dos Pássaros, os investigadores do Garra localizaram 6402 adesivos de LSD, dentro de uma pasta entre vários papéis, 38 comprimidos de ecstasy, escondidos em um livro com páginas cortadas e uma porção de maconha. De acordo com as investigações, cada adesivo seria comercializado pelo valor de R$ 50.

O casal foi conduzido a Delegacia Regional de Sinop, onde foram autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.